Aproveite a promoção de lançamento! Escolhendo duas atividades, a terceira sai de graça

Descontos especiais para grutrapos ou estudantes, entre em contato pelo telefone: (41) 3338-7789 | (11) 4063-8848 ou e-mail: atendimento@mundogeo.com

Faça sua inscrição antecipada e tenha descontos para participar

• Até 6 de abril: qualquer curso ou seminário por R$ 550,00
• Até 27 de abril: qualquer curso ou seminário por R$ 650,00
• Até 11 de maio: qualquer curso ou seminário por R$ 750,00

Para ter acesso aos debates, basta fazer sua inscrição em qualquer curso ou seminário

Debate: Regulamentação – Como trabalhar com Drones na Legalidade?

9 de maio – 9h às 10h30

Segundo pesquisa realizada entre os empresários de Drones, o principal obstáculo para quem empreende no setor é a falta de regulamentação. Porém, mesmo assim é possível trabalhar de forma legal. Veja neste debate dicas e boas práticas de representantes das entidades reguladoras (DECEA – Departamento de Controle do Espaço Aéreo e ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil) e especialistas sobre como atuar com aeronaves remotamente pilotadas segundo a legislação vigente.

Moderador: Emerson Granemann – DroneShow
Fundador, CEO da MundoGEO e idealizador da feira e aplicativo DroneShow. Engenheiro Cartógrafo pela UFPR, trabalhou 15 anos no setor de Aerofotogrametria e Geoprocessamento. Atualmente atua área de comunicação, na disseminação das Geotecnologias e Drones. É moderador do Fórum Empresarial de Drones.

 

Roberto José Silveira Honorato – ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil)
Engenheiro Eletrônico e de Telecomunicações formado pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais; Pós-graduado em Gestão da Aviação Civil pela Universidade de Brasília; Atuou com aviônicos por 10 anos na indústria de manutenção e engenharia; É servidor de carreira do primeiro concurso da ANAC, como Especialista em Regulação da Aviação Civil; Atua desde de 2011 como Gerente Técnico de Processo Normativo da Superintendência de Aeronavegabilidade

 

Major Jorge Humberto Vargas – DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo)

 
 

Para ter acesso aos debates, basta fazer sua inscrição em qualquer curso ou seminário do MundoGEO#Connect ou DroneShow

Aproveite a promoção de lançamento! Escolhendo duas atividades, a terceira sai de graça

Curso: Pilotagem Profissional de Drones

9 de maio – 11h às 19h

Os Drones estão cada vez mais “inteligentes” e praticamente voam sozinhos, decolando automaticamente, cumprindo sua missão e voltando ao local de origem. Por outro lado, existem veículos cada vez mais complexos e sensores de altíssimo valor, além de ocasiões nas quais é mandatório que um piloto especializado esteja a postos para assumir o controle a qualquer momento. Além disso, existem operações em que a missão depende integralmente do piloto. Aprenda neste curso teórico as boas práticas de pilotagem de Drones e entenda a importância de se capacitar para atuar nesta área em franca expansão.

Tópicos que serão abordados no curso
• Introdução
– Perspectivas futuras
– Mercado de trabalho- novas profissões
– Normas e Legislações brasileiras
– Termos e nomenclaturas utilizadas
• Generalidades – Conhecimento Aeronáuticos
– Segurança Aeronáutica
– Considerações sobre tráfego aéreo
• Condições Meteorológicas
– Fenômenos de microescala
– Turbulência
– Rajadas de vento
– Cortante de vento
• Aeródromos e Aeroportos
– Comunicações Aeronáuticas
– Restrições dos equipamentos (FC)
• Considerações técnicas
– Requisitos Médicos para Pilotos
– Condicionamento psicomotor
– Psicotécnico
• Teoria de Voo e Aerodinâmica
– Dinâmica de voo e controle
– Efeitos aerodinâmicos
• Medidas Preventivas
– Montagem e calibração
– Estrutura da fuselagem
– Conferência dos sensores
– Reparos e configurações
• Gerenciamento de Energia
– Sistemas de telemetria
• Fundamentos de Rádio Frequência
– Faixas de frequência
– Alcance
– Antenas
– Interferência
• Planejamento do Voo
– Conhecimento do terreno
– Voo Autônomo
• Procedimentos de Segurança – Check list de voo – Verificações
– Condições climáticas
– Carga das baterias
– Fixação de hélices
– Ligação dos cabos eletro/eletrônicos
– Giro dos motores
– Parafusos da fuselagem
– Pré-arm da controladora – Leds
– Captação de satélites
– Telemetria – Sistemas de câmera (FPV) – Sensores
• Conclusão
– Confecção de um registro de voo

Instrutor: Felipe Calixto

Formação de Oficial R2 do Exército Brasileiro – 1º Tenente de Infantaria / RJ; Graduação em Informática – Universidade Gama Filho / RJ; – Técnico Automação Industrial – Núcleo de Ensino Tecnológico / RJ; Certificate in Unmanned Systems Project Management (Certificado em Gerenciamento de Projetos de Sistemas não Tripulados) – Unmanned Vehicle University / Arizona EUA.

Aproveite a promoção de lançamento! Escolhendo duas atividades, a terceira sai de graça

Curso: Drones para Topografia

9 de maio – 11h às 19h

Hoje, já está provado e comprovado através de números que os Drones podem complementar ou até mesmo substituir, em situações específicas, tecnologias tradicionais para realizar trabalhos de Topografia. Aprenda neste curso as técnicas e métodos para você cortar custos e aumentar a produtividade através dos Drones em conjunto com tecnologias complementares para levantamentos em campo. Conheça os resultados práticos já obtidos.

Tópicos do curso: 
• Tipos de Drones e Câmeras para Topografia
• Softwares utilizados:
 – Softwares de planejamento de missão
 – Softwares de processamento para geração de ortomosaicos e DSM
 – Softwares de tratamento de dados
• Definição da quantidade e da distribuição dos pontos de apoio
• Levantamentos com Drones que possuem RTK embarcado
• Processamento dos dados
• Suavização e limpeza da nuvem de pontos
• Geração de curvas de nível
• Extração de linhas de quebra
• Cálculo de volume

LUIZ-DALBELO-Instrutor: Luiz Dalbelo

Graduação em Engenharia Cartográfica pela UNESP de Presidente Prudente, Mestrado em Ciências Cartográficas pela UNESP de Presidente Prudente, •Atualmente: Gerente de Vendas para VANTs e Produtos de Alta Tecnologia da Santiago & Cintra.

Aproveite a promoção de lançamento! Escolhendo duas atividades, a terceira sai de graça

Curso: Drones na Agricultura

9 de maio – 11h às 19h

Até mesmo o setor agrícola vem sofrendo com a atual crise econômica. Logo, é fundamental a otimização de recursos através da diminuição dos custos e maximização da produção. A Agricultura de Precisão é a ferramenta mais eficaz para obter estes resultados, e os Drones podem – e devem – ser aliados nessa tarefa. Aprenda neste curso como você também pode chegar lá.

Tópicos do curso:
•Tipos de drones e sensores
• Drone e acessórios para Agricultura
• Planejamento e execução de missão
• Processamento de modelo digital de superfície e de terreno
• Processamento de ortofotos
• Geração de curvas de nível para traçado de plantio
• Identificação de linhas e falhas de plantio
• Identificação e mapeamento de invasoras, pragas e doenças
• Mapeamento de deficiência hídrica/nutrientes, etc.
• Contagem de indivíduos
• Análise de qualidade de pasto
• Drones e o futuro da agricultura de precisão

GiovaniInstrutor: Giovani Amianti

Engenheiro mecatrônico formado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP). Giovani Amianti começou a se interessar por drones em 2004, quando estava finalizando a graduação. Já idealizando a criação da XMobots, ele ingressou no mestrado da Poli tendo como projeto de pesquisa o desenvolvimento do VANT Apoena 1000B. •Em 2007, Giovani fundou oficialmente a XMobots, empresa que nasceu incubada no Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia da USP (Cietec-USP) e que atualmente está sediada na cidade de São Carlos, um dos maiores celeiros tecnológicos do Brasil. •Hoje ele atua como CEO da companhia, estando a frente de projetos já consagrados no mercado nacional de VANTs, como os drones Nauru 500A, que foi o primeiro avião não tripulado privado do Brasil autorizado a voar pela ANAC; e o Echar 20B, mini-drone com a maior capacidade de mapeamento do mundo.

Aproveite a promoção de lançamento! Escolhendo duas atividades, a terceira sai de graça

Debate: Como montar uma Empresa de Serviços utilizando Drones

10 de maio – 9h às 10h30

Empreender: talento, ambição ou necessidade? Independentemente da sua motivação para ser um empreendedor no setor de Drones, saiba que é preciso cumprir alguns requisitos e muito planejamento. Veja neste debate o passo-a-passo para montar uma empresa, conhecendo histórias de sucesso de quem já passou por desafios e chegou lá.

Moderador: Emerson Granemann – DroneShow
Fundador, CEO da MundoGEO e idealizador da feira e aplicativo DroneShow. Engenheiro Cartógrafo pela UFPR, trabalhou 15 anos no setor de Aerofotogrametria e Geoprocessamento. Atualmente atua área de comunicação, na disseminação das Geotecnologias e Drones. É moderador do Fórum Empresarial de Drones.

 
 

George Longhitano – G-Drones
Fundador e diretor da G drones. Geógrafo pela FFLCH-USP, mestre em Geoprocessamento pela EP-USP, doutorando em Ciência Ambiental pelo IEE-USP, pesquisa aplicações de VANTs desde 2005. Atuou como coordenador técnico em consultorias ambientais por 10 anos e como professor universitário das disciplinas de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto por 5 anos.

 

Guilherme Barbosa – Caraca Imagens

 
 
 

Leonardo Minucio – Futuriste
Sócio Proprietário da Futuriste Tecnologia, formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, MBA em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios pela FGV, Atuando a 14 anos na área de Tecnologia

 
 

Para ter acesso aos debates, basta fazer sua inscrição em qualquer curso ou seminário do MundoGEO#Connect ou DroneShow

Aproveite a promoção de lançamento! Escolhendo duas atividades, a terceira sai de graça

Curso: Drones para Infraestrutura e Utilities

10 de maio – 11h às 19h

Sejam para estudos preliminares, mapeamento, inspeção ou monitoramento, os Drones podem – e devem – ser aliados nas áreas de Infraestrutura (estradas, ferrovias, hidrovias, portos, aeroportos) e Utilities (redes de energia, saneamento, gás, telecom). Aprenda neste curso como otimizar recursos e conseguir resultados sensacionais através do uso eficiente dos Drones.

Tópicos do curso:
• Introdução à Utilização de ARP na Inspeção de Obras e Estruturas
• Diferenças do emprego das tecnologias de asa rotativa e fixa
• Benefícios da utilização de ARP
• Noções Básicas de Fotogrametria Digital
• Aplicações possíveis
• Estudos de casos

williamInstrutor: William Kim – Hexagon

Gerente de Segmento da Divisão de Sensores Aerotransportados da Leica Geosystems na América do Sul, atuando no segmento desde de 2004. Especilista na utilização e manutenção de câmaras digitais aerotransportadas de grande e médio formato, sistemas LiDAR, bem como, soluções de processamento de dados de alto rendimento para mapeamento fotogramétrico em Engenharias diversas. Piloto certificado de VANT Aibot X6V2 pela Aibotix GmbH, Alemanha; Membro honorário da Força Aérea Brasileira e da Ordem do Carcará.

Aproveite a promoção de lançamento! Escolhendo duas atividades, a terceira sai de graça

Seminário: Utilização de Drones na Agricultura

10 de maio – 11h às 19h

Ok, o setor agrícola está “bombando”, mas como é possível ser ainda mais produtivo? Na Agricultura de Precisão, as imagens aéreas obtidas com Drones permitem alcançar locais restritos, possibilitando a visualização da área total, através de modelos 3D, e localizando quaisquer manchas ou falhas que não são facilmente perceptíveis a altura do solo ou com imagens de satélites. Conheça com especialistas do setor as razões pelas quais os Drones têm que ser usados para o Agronegócio – seja para mapeamento e/ou pulverização – e entenda porque eles vieram pra ficar.

Drones no Agronegocio

Lucio Andre de Castro Jorge – Embrapa

 
 
 

Transformando Imagens de Drones e Satélites em Informações Estratégicas no Agronegócio

Ricardo Matiello – Agrosight
Fundador das empresas MTI Sistemas e MTI Aero. Desenvolveu seu primeiro sistema aos 13 anos de idade e desde então não parou mais. Formou-se em processamento de dados e posteriormente em administração de empresas, quando decidiu que queria constituir sua própria empresa. Com mais de 20 anos de experiência em desenvolvimento de sistemas, abriu importantes mercados de software no Brasil, como a implantação da cultura do CRM (Customer Relationship Management) e também a aplicação de algoritmos de software para interpretação de dados coletados por Drones. Atualmente dedica-se exclusivamente ao seu mais novo projeto, a Startup FarmGO, que integra e interpreta dados de Drones e Satélites para tomada de decisões no manejo em lavouras.

 

Sensoriamento Remoto com Vant e sensores multiespectrais – O estado da arte e a validação de resultados para Agricultura de Precisão

Bruno Holtz Gemignani – 3DGEO

 
 
 

Dronecitrus: Sistema de Monitoramento por Drone na Citricultura

George Longhitano – G-Drones
Fundador e diretor da G drones. Geógrafo pela FFLCH-USP, mestre em Geoprocessamento pela EP-USP, doutorando em Ciência Ambiental pelo IEE-USP, pesquisa aplicações de VANTs desde 2005. Atuou como coordenador técnico em consultorias ambientais por 10 anos e como professor universitário das disciplinas de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto por 5 anos.

 
 
Juliana Mantovani – G-Drones

 
 
 
 
Bruno Borges – G-Drones

 
 
 
 

Identificação automática de sobrevivência pós-plantio de Eucalytus sp, com o uso de Veículo Aéreo Não Tripulado na empresa Klabin S/A

Julia Fonseca Ferreira – Klabin

 
 
 
 
Cristiano Cardoso Stetz – Klabin

 
 
 
 
Emerson Roberto Schoeninger – Klabin

 
 
 
 
Clewerson Frederico Scheraiber – Klabin

 
 
 
 

Uso de informações obtidas por drones com câmeras multiespectrais para Agricultura de Precisão

Paulo Henrique Amorim da Silva – Geo Agri Tecnologia Agrícola
Engenheiro Cartógrafo formado pela UNESP, mais de 10 anos de experiência em Sensoriamento Remoto e Fotogrametria, recebeu em 2008 o prêmio CREA, em 2012 recebeu o título de Cavaleiro da Ordem da Sociedade Brasileira de Cartografia, atualmente é Gerente de Soluções em Sensoriamento Remoto no Grupo Santiago & Cintra e desenvolve soluções com drones para as áreas geoespacial e agricultura.

 

Drones, Patrimônios Históricos e Gestão municipal

Henrique Lima – PLAN4R Engenharia | Drones | Geotecnologia)

 
 
 

Termovisor embarcado em aeronave remotamente pilotada para avaliação fenotípica de cana-de-açúcar em condições de campo: o que as imagens nos revelam sobre a tolerância à seca

Raphael Augusto das Chagas Noqueli Casari – Embrapa Agroenergia

 
 
 
 
Hugo Bruno Correa Molinari – Embrapa Agroenergia

 
 
 
 
Adilson Kenji Kobayashi – Embrapa Agroenergia

 
 
 
 
Bárbara Andrade Dias Brito da Cunha – Embrapa Agroenergia

 
 
 
 
Thiago Teixeira Santos – Embrapa Agroenergia

 
 
 
 
Carlos Antônio Ferreira de Sousa – Embrapa Agroenergia

 
 
 
 

Drones na Lavoura de Arroz: Irrigação de Precisão

Luiz Glasenapp Junior – Seagro Soluções Rurais

 
 
 

Aproveite a promoção de lançamento! Escolhendo duas atividades, a terceira sai de graça

Curso: Drones para Mapeamento

10 de maio – 11h às 19h

Fazer um “mapinha” pode parecer simples, mas você conhece os requisitos de uma boa cartografia? O requisito básico para isso é contar com dados de qualidade, e os Drones vieram para suprir esta carência, com agilidade, alta precisão e abundância de dados. Porém, cada aplicação tem seus requisitos… Aprenda neste curso como fazer mapas com Drones para diferentes aplicações. Conheça os requisitos para seu Drone, tipo de sensor e software de planejamento da missão e pós-processamento dos dados.

Tópicos do curso:
• Principais conceitos relacionados às Geotecnologias
– Topografia e Cartografia
– Sensoriamento Remoto
• Por dentro da Aerofotogrametria e Sensoriamento Remoto
– Diferentes tipos de resolução
– Tipos de sensores e suas aplicações
• Projeto Fotogramétrico
– Planejamento do voo em software
– Execução do voo
– Obtenção de pontos de apoio e controle em campo
• Processamento e Qualidade de dados
– Geração de ortomosaicos
– Geração de MDS, MDT e curvas de nível
– Análise da acurácia do modelo tridimensional
– Álgebra de mapas e geração de índices como NDVI
– Extração de informações e classificação automática de imagens
• Principais aplicações para mapas feitos com drones
– Monitoramento e Estudos Ambientais
– Desastres Ambientais
– Agricultura de Precisão
– Engenharia Florestal
– Engenharia Civil (Obras)
– Recursos Naturais (Mineração, Óleo & Gás)
– Utilities (Energia, Saneamento, Telecom)

George LonghitanoInstrutor: George Longhitano

Fundador e diretor da G drones. Geógrafo pela FFLCH-USP, mestre em Geoprocessamento pela EP-USP, doutorando em Ciência Ambiental pelo IEE-USP, pesquisa aplicações de VANTs desde 2005. Atuou como coordenador técnico em consultorias ambientais por 10 anos e como professor universitário das disciplinas de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto por 5 anos.

Aproveite a promoção de lançamento! Escolhendo duas atividades, a terceira sai de graça

Seminário: Utilização de Drones para Segurança e Perícias

10 de maio – 11h às 19h

Atividades de auditoria ou perícia demandam uma série de informações geoespaciais que servem como subsídio durante o processo de avaliação e análise em laudos técnicos. Além disso os Drones já estão sendo testados para aplicações tanto na Segurança Pública como Privada, incluindo serviços de emergências . E adivinha que tecnologia pode – e deve – ser uma aliada para estes fins? Isso mesmo, os Drones! Neste seminário será apresentado o potencial do uso de Drones nestas aplicações.

Moderador Luiz Munaretto
Engenheiro eletricista; piloto instrutor da Aviação de Caça; piloto de provas; instrutor do curso de ensaios em voo; possui 25 anos de experiência em ensaios em voo; é coronel da reserva da FAB; foi INSPAC Piloto; foi vice-diretor do IAE/CTA; foi diretor do IFI/CTA; foi chefe da Divisão de Homologação Aeronáutica do IFI/CTA; possui experiência em atividades e projetos internacionais; conferencista no CENIPA e no Instituto de Logística de Aeronáutica (ILA), da Força Aérea Brasileira (FAB); possui certificação PMP; especialista, instrutor e consultor de VANT e em engenharia aeronáutica da DCA-BR.

 
 

Potencializando a Aplicação de Drones em Projetos de Segurança Pública e Privada

Ricardo Matiello – MTI Aero
Fundador das empresas MTI Sistemas e MTI Aero. Desenvolveu seu primeiro sistema aos 13 anos de idade e desde então não parou mais. Formou-se em processamento de dados e posteriormente em administração de empresas, quando decidiu que queria constituir sua própria empresa. Com mais de 20 anos de experiência em desenvolvimento de sistemas, abriu importantes mercados de software no Brasil, como a implantação da cultura do CRM (Customer Relationship Management) e também a aplicação de algoritmos de software para interpretação de dados coletados por Drones. Atualmente dedica-se exclusivamente ao seu mais novo projeto, a Startup FarmGO, que integra e interpreta dados de Drones e Satélites para tomada de decisões no manejo em lavouras.

 

Aplicações de drones autônomos no auxílio a acidentes e situações emergenciais

João Pedro Rufino Alves – Equipe Black Bee Drones da Universidade Federal de Itajubá
Graduando em Ciência da Computação (Universidade Federal de Itajubá – MG), Capitão Geral da Equipe Black Bee Drones, Bolsista PIBIC – FAPEMIG – Processamento Digital de Imagens: Mosaicagem, Diretor de Tecnologias & Co-Founder da Fidder: Tecnologias Pet

 
 

Projeto de Sistemas de Aeronaves Policiais Remotamente Pilotadas

Daniel Augusto Nepomuceno – Polícia Rodoviária Federal do Mato Grosso do Sul

 
 
 

Seguro Aeronáutico para DRONES e sua utilização pelo Mercado Segurador

Carlos Eduardo Mamede Polizio – Grupo Segurador BB e MAPFRE

 
 
 

Drones para Perícias em Prédios Históricos

Representante do Instituto de Pesquisas Tecnológicas – IPT

 
 
 

Drones aplicados à Segurança Privada

Representante do Grupo SMA

 
 
 

Aproveite a promoção de lançamento! Escolhendo duas atividades, a terceira sai de graça

Debate: Potenciais Novos Negócios com Drones Autônomos

11 de maio – 9h às 10h30

A legislação brasileira que rege os Drones, hoje, não permite o uso de veículos aéreos não tripulados que sejam 100% autônomos. Por outro lado, a tecnologia avança com velocidade cada vez maior e este tipo de Drone já é uma realidade. Veja a opinião de visionários do setor e entenda porque drones autônomos, big data e internet das coisas vão criar modelos de negócios disruptivos nos próximos anos nas áreas de entretenimento, delivery, segurança, logística, transportes, serviços de emergências, entre outras aplicações.

Moderador: Emerson Granemann – DroneShow
Fundador, CEO da MundoGEO e idealizador da feira e aplicativo DroneShow. Engenheiro Cartógrafo pela UFPR, trabalhou 15 anos no setor de Aerofotogrametria e Geoprocessamento. Atualmente atua área de comunicação, na disseminação das Geotecnologias e Drones. É moderador do Fórum Empresarial de Drones.

 

João Pedro Rufino Alves – Unifei
Graduando em Ciência da Computação (Universidade Federal de Itajubá – MG), Capitão Geral da Equipe Black Bee Drones, Bolsista PIBIC – FAPEMIG – Processamento Digital de Imagens: Mosaicagem, Diretor de Tecnologias & Co-Founder da Fidder: Tecnologias Pet

 
 

Para ter acesso aos debates, basta fazer sua inscrição em qualquer curso ou seminário do MundoGEO#Connect ou DroneShow

Aproveite a promoção de lançamento! Escolhendo duas atividades, a terceira sai de graça

Curso: Processamento de Imagens obtidas por Drones

11 de maio – 11h às 19h

Para se trabalhar com imagens aéreas, além da escolha do Drone ideal para cada tipo de aplicação é essencial eleger o sensor e os softwares adequados para o sucesso do seu processamento. Hoje, existem vários softwares no mercado: PhotoScan, Menci APS, Pix4D, Acute3D, Drone2Map.… Conheça neste curso os processos envolvidos e as características dos principais dos softwares de processamento de imagens de Drones. Capacite-se para entrar neste mercado.

Tópicos do curso:
• Aerofotogrametria com VANT (Georreferenciamento, GSD, RTK, Pontos de controle, precisão dos dados…)
– Operação de campo com VANTs
• Comparação entre Drones e outros métodos
• Diferença entre multirrotor e asa fixa
• Métodos de operação
• Câmeras e sensores
– Resultados do processamento das imagens
– Possibilidades de cálculos (Medições, volumetria, relevo, perfil topográfico…)
– Saúde da vegetação (Índice NDVI)
– Machine Learning: Contagem de plantas,
• Aplicações: Prevenção; Controle; e Recuperação

Thiago ToméInstrutor: Thiago Tomé

Gerente Comercial da Horus Aeronaves, formado em Administração de Empresas na UFSC. Marketing Digital. Produção de conteúdos técnicos da Horus (e-Books, Blog, infográficos e aplicações). Palestrante na área de uso de drones na agricultura e meio-ambiente.

Aproveite a promoção de lançamento! Escolhendo duas atividades, a terceira sai de graça

Seminário: Utilização de Drones para Mapeamento

11 de maio – 11h às 19h

Os mapas estão por toda parte: no agronegócio, no setor florestal, nas obras, na gestão territorial, na preservação do meio ambiente, entre outros usos. Mas elaborar um bom mapa requer duas coisas: precisão conhecida e conhecimentos sobre o projeto cartográfico. Os drones vieram para ficar no setor de Cartografia, mas ainda há muitas dúvidas e informações desencontradas sobre o tema. Entenda neste curso como vários fatores podem influenciar (planejamento da missão, veículo, sensor, softwares) na qualidade do produto final e aprenda as boas práticas para mapeamento com Drones.

Moderador Luiz Munaretto
Engenheiro eletricista; piloto instrutor da Aviação de Caça; piloto de provas; instrutor do curso de ensaios em voo; possui 25 anos de experiência em ensaios em voo; é coronel da reserva da FAB; foi INSPAC Piloto; foi vice-diretor do IAE/CTA; foi diretor do IFI/CTA; foi chefe da Divisão de Homologação Aeronáutica do IFI/CTA; possui experiência em atividades e projetos internacionais; conferencista no CENIPA e no Instituto de Logística de Aeronáutica (ILA), da Força Aérea Brasileira (FAB); possui certificação PMP; especialista, instrutor e consultor de VANT e em engenharia aeronáutica da DCA-BR.

 
 

Topografia x Fotogrametria: Produtividade, Equipamentos e Resultados

Maurício Campiteli – Droneng

 
 
 

Análise do potencial de aquisição de dados aerogeofísicos para mapeamento geológico e prospecção mineral por meio de Veículo Aéreo Não Tripulado

Daniel Cunha Coelho – Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo
Graduado em Geofísica pelo Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo. Foi estagiário no departamento de sismologia do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo, e representante discente na Sociedade Brasileira de Geofísica. Atualmente é aluno de mestrado no programa de Recursos Minerais do Instituto de Geociências da USP.

 

Voo cadastral e aplicações para caracterizar o uso do solo e planejar, com o auxílio do Modelo Digital de Terreno, o alinhamento de plantio nas florestas de Eucalipto

Josue Pedro dos Santos Borges – Eldorado Brasil Celulose S/A

 
 
 

VANT Elétrico de Grande Alcance e Autonomia

Floriano Peixoto – Albatroz Aerodesign

 
 
 

Drones e GIS aplicados a infraestrutura e engenharia: até onde já chegamos com estas tecnologias

Fabiano Cucolo (99Geo)
Geógrafo e Mestre pela Unesp Rio Claro, 14 anos de experiência em Geotecnologias, já atuou em empresas como Sky, Itaú-Unibanco e Cognatis, em projetos de geomarketing e expansão e pesquisa de mercado. Como consultor de Geotecnologias, atuou na Conestoga Rovers, Imagem, Diagonal, Sabesp, Telemidia. Como docente, leciona a disciplina de Geomarketing na pós graduação da ESIC e Unitoledo.

 

Drones para Mapeamento preciso

George Longhitano – G-Drones
Fundador e diretor da G drones. Geógrafo pela FFLCH-USP, mestre em Geoprocessamento pela EP-USP, doutorando em Ciência Ambiental pelo IEE-USP, pesquisa aplicações de VANTs desde 2005. Atuou como coordenador técnico em consultorias ambientais por 10 anos e como professor universitário das disciplinas de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto por 5 anos.

 
 

Aproveite a promoção de lançamento! Escolhendo duas atividades, a terceira sai de graça

Seminário: Utilização de Drones para Infraestrutura e Utilities

11 de maio – 11h às 19h

Os Drones podem ser usados por empresas de todos os portes nas áreas de Infraestrutura (estradas, ferrovias, hidrovias, portos, aeroportos) e Utilities (energia, saneamento, gás, telecom). Conheça a vivência de quem já passou pelos desafios de usar Drones nestas áreas, os resultados, ganhos de produtividade, erros e as lições aprendidas.

Sistema de Aeronaves Remotamente Pilotadas Multiplataforma para Inspeção de Linhas de Transmissão

Geraldo Adabo – ITA

 
 
 

Levantamento aerofotogramétrico RPAS para estudos de rompimento de barragens

Elton Neves Brandão – Geopixel e Fractal Engenharia

 
 
 

Economizando com Drones em Inspeções/span>

Leonardo Minucio – Futuriste
Sócio Proprietário da Futuriste Tecnologia, formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, MBA em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios pela FGV, Atuando a 14 anos na área de Tecnologia

 
 

Drones para Monitoramento

William Kim – Hexagon

 
 
 

Drones em Grandes Obras – Eduardo Cardoso – Drone Direto

Drones em Grandes Obras – Eduardo Cardoso – Drone Direto

 
 
 

Drones (RPAs) na Construção Civil e na Inspeções de ativos

Marcio Regis Galvão – DronDrones

 
 
 

Aproveite a promoção de lançamento! Escolhendo duas atividades, a terceira sai de graça

 

Aproveite a promoção de lançamento! Escolhendo duas atividades, a terceira sai de graça

Descontos especiais para grupos ou estudantes, entre em contato pelo telefone: (41) 3338-7789 | (11) 4063-8848 ou e-mail: atendimento@mundogeo.com

Faça sua inscrição antecipada e tenha descontos para participar

• Até 6 de abril: qualquer curso ou seminário por R$ 550,00
• Até 27 de abril: qualquer curso ou seminário por R$ 650,00
• Até 11 de maio: qualquer curso ou seminário por R$ 750,00

Para ter acesso aos debates, basta fazer sua inscrição em qualquer curso ou seminário