DroneShow 2017 bate recorde de público. Veja como foi

Feira supera mais de 3.000 participantes e consolida-se como referência no setor

Entre os dias 9 e 11 de maio, o Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, recebeu a principal feira de drones do País. A DroneShow Latin America, o mais importante evento do segmento apresentou, além das inovações e tendências do mercado, um espaço para a discussão direta e efetiva com a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e com o DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo) a fim de esclarecer dúvidas e tornar a cadeia de drones mais qualificada frente à sociedade.

Nos três dias do evento, a feira recebeu cerca de 3.100 participantes que visitaram os estandes de 40 expositores e 70 marcas. E a recém-lançada regulamentação da ANAC para uso de drones com fins comerciais foi o grande tema de destaque positivo do evento.

droneshow-2017-auditorio

ANAC e DECEA abriram oficialmente o evento com um debate/tira-dúvidas sobre a regulamentação e o passo a passo para regularizar e trabalhar legalmente com drones no Brasil. Além deste debate, representantes dos dois órgãos permaneceram no evento para esclarecer dúvidas pontuais e individuais dos participantes. “Chegamos a um novo patamar de maturação. O mercado regulado traz mais segurança jurídica e proporciona a concretização de grandes projetos utilizando drones”, comenta Emerson Granemann, idealizador da feira.

Outros dois debates que despertaram muito interesse dos visitantes da feira foram: “passo a passo para montar uma empresa de drones”; e “potenciais negócios futuros utilizando drones autônomos para delivery e segurança privada” .

droneshow-2017-feira

Cursos e Seminários

Além dos debates, foram realizados cursos práticos de montagem de drones e seminários com relato de resultados de projetos inovadores usando a tecnologia embarcada nos drones para agricultura, meio ambiente e mapeamento. As maiores novidades entretanto foram as aplicações nos setores de inspeção de obras, segurança e perícias.

A feira teve um público muito qualificado, vindo de todos os estados brasileiros e outros países, principalmente ligado ao setor privado de agricultura e infraestrutura. “Notamos uma curva ascendente do setor público, principalmente ligado ao meio ambiente, gestão pública e defesa civil, além de start-ups e empresas juniores com a chancela de importantes entidades de ensino que também apresentam pesquisas aplicadas no setor”, ressalta Granemann.

droneshow-2017-gaiola

Mais números do evento

Perfil dos participantes:
Setor público 38%
Setor privado 62%

Cargos que ocupam:
Direção: 28%
Gerencia: 30%
Setor técnico: 32%
Acadêmicos: 10%

Área de atuação:
Prestador de serviços no setor de drones: 57%
Prestador de serviços no setor de geotecnologias: 32%
Comercializa produtos relacionados ao setor de drones: 5%
Comercializa produtos relacionados ao setor de geotecnologias: 6%

Principal área de interesse:
Mapeamento, cadastro e topografia: 33%
Agricultura e florestal: 20%
Infraestrutura: 9%
Meio ambiente e recursos naturais: 15%
Segurança e serviços de emergências: 5%
Logística e transportes: 4%
Mineração e Óleo e Gás: 7%
Jornalismo, entretenimento, publicidade: 3%
Recreação: 1%
Outros: 3%

Localização geográfica por regiões:
Centro-Oeste: 8%
Norte: 7%
Nordeste: 8%
Sudeste: 63%
Sul: 10%
Outros países: 4%

Sobre a realização conjunta dos evento MundoGEO#Connect e DroneShow
Gostaram 70%
Indiferente 25%
Não aprovam 5%

Avaliação do evento:
95% afirmaram que o evento atendeu as expectativas.

2018 já tem data!

A 4ª edição do DroneShow já tem data marcada para 2018 e acontecerá entre os dias 13 e 15 de junho, no Centro de Convenções Frei Caneca. Como novidade certa, a próxima feira terá um espaço especial para empreendedores e a presença de instituições bancárias que facilitarão a geração de negócios no próprio evento.

droneshow-2017-estande-geoeduc